SIRECOM PARTICIPA DA REUNIÃO DE DIRETORIA DA ASSOCIAÇÃO DE COMÉRCIO EXTERIOR DO BRASIL (AEB)

O SIRECOM-PR foi representado pelo diretor Zulfiro Antônio Bósio na reunião da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), realizada no dia 18 de abril, na sede de Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), no Rio Janeiro.

Para Bósio, a presença do SIRECOM-PR na AEB fortalece a representação comercial paranaense. “Devemos formalizar em breve uma parceria que abrirá novas perspectivas para os nossos profissionais. O representante precisa sair da sua zona de conforto, olhar além do dia-a-dia do mercado interno, representar produtos do exterior aqui e produtos daqui lá fora”.

Ele explicou que o Sindicato será o indutor dessa mudança na forma de fazer negócios, com visão global. “Teremos o representante comercial 4.0, fazendo negócios no mundo inteiro com grande sucesso. Nosso presidente, Paulo Nauiack, inseriu a representação comercial 4.0 na pauta do SIRECOM e esse é o único caminho para quem quer continuar crescendo na profissão”, afirmou.

Convidado especial da reunião de diretoria da AEB, o Secretário de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviço (MDIC), Abrão Miguel Árabe Neto, proferiu palestra sobre as perspectivas do comércio exterior brasileiro e mundial.

O Secretário afirmou que vê mais desafios que oportunidades no cenário atual do comércio exterior e ressaltou que dentre as prioridades do governo federal para este ano estão o apoio ao exportador e a facilitação do comércio.  Ele também expôs o cronograma de implementação do Portal Único de Comércio Exterior e a situação atual dos diversos acordos de Comércio e Investimentos que estão sendo negociados pelo Brasil. Falou também da integração do Mercosul com a comunidade europeia e das medidas protecionistas que vêm sendo adotadas por diversos países.

Portal Único - Atuando há mais de 40 anos como empresário do setor, Zulfiro Bósio acompanha com muito interesse o avanço na implementação do Portal Único. “O sistema vai simplificar e facilitar as operações de exportação, reduzindo significativamente o tempo gasto para liberação de produtos”, afirmou.  “No Porto de Paranaguá, em 2002, apresentei o projeto do Porto sem Papel. Hoje, 16 anos depois, a ideia foi implantada e temos um porto eficiente e competitivo. A APPA fez a sua parte. Agora, o Portal Único vem complementar esse projeto, reduzindo ainda mais os trâmites operacionais, o tempo do navio parado no porto, dando agilidade a todo o processo e melhorando os negócios”, disse.

Portos - A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) criou ferramentas inéditas no mercado portuário. A primeira foi a APPA WEB, um sistema operacional de controle dos Portos do Paraná que atende todas as necessidades da comunidade portuária. No ano passado, foi lançado o Porto Digital, permitindo o acesso público a uma plataforma virtual que transmite em tempo real todas as informações operacionais de movimentação de cargas que acontecem no Porto de Paranaguá.

 

Protecionismo - Enquanto o Brasil caminha para a abertura de acordos comerciais e desburocratização do comércio, Bósio vê com preocupação o crescimento do protecionismo dos países europeus. “É um anticomércio, um sentimento que cresce em vários lugares do mundo. Esse cenário pode comprometer o processo de integração do Mercosul com a comunidade europeia. Em relação aos Estados Unidos, a taxação do aço não afetou o Brasil, mas criou um grau de incerteza muito grande”, disse.

 

ENAEX 2018

Na reunião, o presidente da AEB. José Augusto de Castro, fez um convite para o ENAEX 2018 - Encontro Nacional de Comércio Exterior – que vai acontecer nos dias 15 e 16 de agosto no Centro de Convenções SulAmérica (Av. Paulo de Frontin, 1 – Cidade Nova – Rio de Janeiro – RJ).