NUTRIMENTAL ESTÁ À VENDA

A fabricante de alimentos Nutrimental, fundada no Paraná pela família Rocha Loures, está à venda. A empresa procurou o Itaú BBA a fim de viabilizar uma venda total ou parcial da operação, que, nos últimos anos, tem sofrido com a falta de investimentos e aumento da competição.

A empresa fabrica barrinhas de cereais, mingaus, cereais matinais e suco em pó e é dona das marcas Nutry, Nutribom, Nutrilon e Nutrinho. A companhia já começou as conversas com potenciais interessados, incluindo PepsiCo, General Mills, Mondelez, entre outras empresas brasileiras e asiáticas. Questionada sobre o processo de venda, a Nutrimental diz que mantém o curso normal de seus negócios e atividades e não comenta rumores de mercado.

A Nutrimental tem faturamento de R$ 300 milhões e planeja uma venda em torno de R$ 1 bilhão, conforme executivo com conhecimento do assunto. As sondagens iniciais, no entanto, apontam um valor para o negócio abaixo disso, entre 1 e 1,5 vez o faturamento. O desempenho financeiro da companhia vem sendo afetado por maior competição e necessidade de novos investimentos em inovação. Nos últimos anos, a empresa fechou no vermelho. Conforme o balanço divulgado em 2017 (dado mais recente), a Nutrimental teve prejuízo de R$ 3,63 milhões em 2016. Além da dificuldade em rentabilizar o negócio, a receita da empresa estagnou nos últimos anos.

Dois motivos estariam atrapalhando a venda por um preço mais próximo do desejado: a ligação com o ex-assessor de Michel Temer, Rodrigo da Rocha Loures, e o fato de a Nutrimental ter no poder público um dos seus grandes clientes — a empresa fornece merenda escolar para escolas públicas e isso não agrada às multinacionais.

Rodrigo da Rocha Loures é filho de Rodrigo Costa da Rocha Loures, fundador da Nutrimental e atual presidente do conselho. Mesmo sem envolvimento direto no dia a dia da empresa e sem participação acionária nela, Rodrigo Filho, investigado pela Polícia Federal no caso que envolve o presidente Temer e o decreto dos Portos, já foi diretor da Nutrimental.

FONTE: VALOR ECONÔMICO