VENDAS DO VAREJO NA PÁSCOA SERÃO AS MELHORES EM CINCO ANOS

A melhoria no ambiente econômico promete dar boas notícias ao setor de varejo. Dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) apontam para uma alta de 3,5% nas vendas durante a Páscoa, o melhor resultado em cinco anos. Assim, a expectativa é que estabelecimentos do varejo alimentício movimentem aproximadamente R$ 2,2 bilhões e criem cerca de 10,6 mil postos de trabalho temporário.

Na avaliação da entidade, 7,7% dessas vagas devem ser efetivadas ao final do feriado, o maior percentual em três anos. “Além de impactos positivos decorrentes da reforma trabalhista, contribui decisivamente para uma maior absorção de trabalhadores temporários o momento mais favorável do varejo brasileiro”, avalia o chefe de economia da CNC, Fabio Bentes.

Vendas em alta

As estimativas da CNC estão em linha com a recuperação do poder de compra e, consequentemente, do aumento nas vendas do varejo registradas recentemente. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as vendas do comércio varejista cumulam alta de 2,5% nos últimos 12 meses, a maior taxa desde novembro de 2014.

AGENCIA BRASIL