A VEZ DA REPRESENTAÇÃO COMERCIAL 4.0

Nesta entrevista, Paulo César Nauiack, presidente reeleito do Sindicato dos Representantes Comerciais do Paraná – SIRECOM-PR, diz que é chegada a hora de adotar atitudes disruptivas, de trabalhar um novo sindicalismo, uma nova estrutura sindical. Nauiack destaca que as mudanças começaram há dois anos, na atual gestão,  e estão sendo inseridas gradativamente no dia a dia da categoria, trazendo um conceito novo de interação, com ferramentas e tecnologias inovadoras dentro de um sindicato. Para ele, é fundamental estar atento às mudanças, às novas relações sindicais, à transição, especialmente àquelas provocadas pela desafiadora era tecnológica, que está criando uma economia digital de impacto coletivo. Nauiack é enfático ao afirmar que o Sindicato tem que estar preparado para essa transformação, em especial, para poder atender e capacitar os seus filiados, e isso passa, necessariamente, pela representação comercial 4.0. Este é o seu grande desafio, e de toda a diretoria eleita, para os próximos quatro anos.

SIRECOM-PR – Qual a avaliação que o senhor faz do trabalho realizado até aqui à frente da entidade?

NAUIACK – Nós iniciamos um trabalho de reconstrução da nossa estrutura sindical, do nosso Sindicato como um todo, com uma renovação bastante consiste de seus quadros. Trouxemos gente jovem, gente com experiência, mas todos com uma dinâmica bastante presente no mercado como um todo.  Essa pluralidade que foi construída ao longo desses quatro anos nos fez estarmos mais próximos do representante comercial como agente do desenvolvimento.  Ao longos dos dois últimos anos trabalhamos mais focados na apresentação de ferramentas e instrumentos que viessem a facilitar a vida e a atividade do profissional que está no campo, que está no mercado.  Lançamos um aplicativo voltado diretamente aos representantes comerciais, trazendo benefícios, agregando valores, provocando e instigando um desenvolvimento mais dinâmico, oferecendo novas oportunidades de representação, com a Bolsa de Negócios. Enfim, é uma dinâmica que está sendo construída, está em movimento, e que nos trouxe, ao longo deste último ano, uma boa aceitação.

SIRECOM-PR – Agora, com mais quatro anos de trabalho, como o senhor recebe o desafio de comandar um dos Sindicatos mais representativos do Paraná? Quais são os projetos para esta nova gestão e para a representação comercial paranaense?

NAUIACK – Na verdade, e aí trabalhando exatamente dentro do mesmo conceito, temos que adotar atitudes disruptivas. Se continuarmos fazendo as coisas como viemos fazendo até aqui, não teremos um sindicalismo diferente, e, sim, teremos o mesmo sindicalismo e os mesmos resultados. Alguém mexeu na nossa zona de conforto com o advento da Reforma Trabalhista de 2017. Por isso, nós temos que mudar a forma de pensar e trabalhar a nossa estrutura sindical. Já há algum tempo estamos falando e discutindo a representação comercial 4.0. Muitos nos perguntam o que é isso, afinal de contas.  Existe a indústria 4.0, a construção civil trabalhando o conceito 4.0, o professor Philip Kotler, agora com seu último livro falando do marketing 4.0. Daí, precisamos trabalhar a questão da representação comercial 4.0. Veja, quando falamos nesses termos, estamos nos referindo à mudança de se fazer negócio, à mudança da forma de se fazer negócio, de se fazer atividade, não só na representação comercial, mas de todas as áreas do comércio. E temos que estar atentos a essas mudanças.

SIRECOM-PR -  Qual a mensagem que o senhor deixa para os representes comerciais do Paraná?

NAUIACK – Estamos iniciando um novo mandato de quatro anos – 2018/2022 – e o associativismo é fundamental. É importante que os companheiros venham participar conosco, para que realmente tenhamos representatividade e possamos desenvolver um bom trabalho, que atenda às expectativas de toda a categoria.

 

NOVA DIRETORIA 2018/2022

Efetivos:

Paulo César Nauiack – Presidente

João Maria Vilela – Vice Presidente

Márcio Borges Laurentino – Secretário

Carlos Hamilton Singer – Tesoureiro

 

Suplentes da diretoria:

Celso Machado

Leila Maria Pinto

Júlio Cezar Schier

Maria Terezinha Wollmann

 

Conselho Fiscal Efetivo:

Vinícius Schilichta

Antônio Ângelo Ferreira Gonçalves

Geraldo de Freitas

 

Suplentes do Conselho Fiscal:

Vlademir Welte

Pedro Morais de Cristo

Paulo Abreu

 

DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO AO CONSELHO DA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ

EFETIVOS

Paulo César Nauiack

Carlos Hamilton Singer

 

SUPLENTES

João Maria Vilela

Zulfiro Antônio Bósio