Appa lança programa de capacitação a micros e pequenas empresas do Litoral

O Presidente Paulo Nauiack esteve presente, nesta quinta-feira (20/08) em Caiobá, no lançamento do Programa de Capacitação, que tem como objetivo preparar micros e pequenos empresários, que tem interesse no fornecimento de serviços necessários para os portos de Paranaguá e Antonina. Desenvolvido em parceria com o Sebrae, com o apoio das prefeituras dos sete municípios do Litoral, o Programa consiste em preparar os micro e pequenos empresários para que eles possam participar de licitações, desde as mais complexas, até dos pregões eletrônicos.

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) lançou nesta quinta-feira (20), no Encontro de Negócios Governamentais do Sebrae, em Caiobá, o Programa de Capacitação para empresas que têm interesse no fornecimento de serviços necessários para os portos paranaenses. 

Desenvolvido em parceria com o Sebrae, com o apoio das prefeituras dos sete municípios do Litoral, o programa consiste em preparar os micro e pequenos empresários para que eles possam participar de licitações, desde as mais complexas, até dos pregões eletrônicos. 

“A Appa licita anualmente R$ 300 milhões em compras, gerando um impacto muito positivo para a economia local. Para que se tenha uma ideia do volume que este valor representa, os sete municípios do Litoral licitam, juntos, R$ 150 milhões por ano”, diz o diretor-presidente da Appa, Luiz Henrique Dividino. 

Do volume total de compras feitas pela Appa e prefeituras, apenas 12% foram fornecidos por empresas locais. 

O Presidente Paulo Nauiack, explicou que somando a capacidade de compra dos municípios e dos entes públicos do Litoral, incluindo a Appa que é o maior deles, o valor chega a R$ 1,2 bilhão. “As empresas da região precisam se preparar e, assim, podem multiplicar em até cinco vezes suas oportunidades de fornecimento e aumentar suas receitas”, declarou Nauiack. 

COMPRAS – Em suas licitações a Appa cumpre rigorosamente com a legislação, no entanto não tem conseguido comprar localmente. Como exemplo está uma licitação para compra de vidros que, por três vezes, deu deserta. 

“O Porto tem um compromisso com o desenvolvimento econômico e social da cidade e queremos que a riqueza fique no Litoral. O Sebrae será o alicerce das empresas que serão capacitadas para atender todas as exigências e burocracias que o processo de compras prevê no setor público”, declarou a diretora jurídica da Appa, Jacqueline Wendpap. Segundo ela, comprar localmente torna os processos mais ágeis, possibilita a redução de custos e fortalecimento do desenvolvimento da economia do Litoral. 

Entre os bens, serviços e obras contratados pela Appa atualmente estão a aquisição de material de informática, material de expediente, ferramentas, boias de sinalização náutica, materiais de construção - telhas, materiais hidráulicos e reservatórios de água -, materiais de higiene e limpeza, materiais de fundeio, uniformes, serviços de limpeza e outros. 

Já entre os serviços necessários estão monitoramento da qualidade do ar, serviços especializados em medicina do trabalho e enfermagem, serviços de manutenção civil, manutenção da sinalização náutica, vigilância e controlador de acesso, criação de materiais gráficos institucionais, análise bacteriológica da qualidade da água para o consumo humano e obras de reformas e construção de áreas, pavimentação rampas de acesso e outros. 

ENCONTRO DE NEGÓCIOS - O Encontro de Negócios do Sebrae, Compras Paraná, possibilitou a aproximação das micro e pequenas empresas com os fornecedores do Litoral. Participaram do evento cerca de 500 empresários do Litoral, além de representantes de departamentos de compras dos municípios e órgãos públicos. 

O gerente da regional Leste do Sebrae no Paraná, Ricardo Campos, disse que o trabalho do Sebrae será atuar no fortalecimento das empresas para que elas estejam aptas para firmar contratos de serviços com as condições que as instituições públicas exigem. “Agora estamos identificando quais os serviços demandados pelo Porto e que oportunidades as micro e pequenas empresas do Litoral têm”, disse Campos. 

A parceria entre a Appa e o Sebrae inclui palestras, cursos e treinamentos voltados aos empresários, para esclarecer as exigências legais, burocráticas e o funcionamento dos procedimentos para contratação de serviços. O programa Compras Paraná é direcionado para prestadores de todo e qualquer tipo de serviço, seja de manutenção, obras ou compras. 

Os prefeitos de Matinhos, Eduardo Dalmora; de Pontal do Paraná, Edgar Rossi; e de Paranaguá, Edison Kersten, participaram da abertura do Encontro. “As microempresas e empresas de pequeno porte representam um grande potencial de geração de emprego e renda, contribuindo para o incremento da economia do Litoral. Esta parceria para capacitação das empresas vai fomentar a nossa região”, destacou o prefeito de Paranaguá. 

As informações completas para os empresários que têm interesse no fornecimento de serviços para órgãos públicos, incluindo a Appa, estão no site www.comprasparaná.pr.gov.br.

 

Fonte: http://www.aen.pr.gov.br/