CALCEMODA: SETOR DE CALÇADOS PRETENDE FECHAR R$ 20 MILHÕES EM NEGÓCIOS EM QUATRO DIAS

 

Começa neste domingo (7) a 14ª edição do Calcemoda, em Curitiba, a maior feira regional do mercado de calçados. O evento pretende movimentar, até o dia 10 de julho, R$ 20 milhões em negócios fechados - entre marcas e lojistas da capital, região metropolitana e litoral. A entrada é gratuita, mas é necessário ter um CNPJ ativo para visitar o local. Ao todo, 86 fabricantes estarão exibindo os produtos da coleção primavera/verão 2020.

A produtora da feira, Marisa Mendes, explica que o volume de negócios esperado corresponde a mesma média praticada na edição passada, que recebeu 1,2 mil lojistas. “Os empresários perceberam que ganhavam muito mais tempo fechando negócios na feira”, explicou.

"“R$ 20 milhões é uma projeção bastante plausível e consciente, mantendo o que já conquistamos e tendo em vista que o último semestre de vendas nas lojas não foi maravilhoso”, pontua Marisa."

Deste montante, 60% corresponde a negociações de calçados, outros 32% são relativos à vestuário e 8% a produtos esportivos, representados por marcas internacionais em sua maioria.

Redução de custos

Para a produtora, a Calcemoda é a concretização da redução de custos operacionais para os lojistas do setor. “Antes, os eventos nacionais apresentavam as novidades, e nos regionais se fechava negócio. A Calcemoda foi concebida para eliminar uma etapa, o que diminui custo, e com a vantagem de trazer produtos adaptados as características de consumo da região”, finaliza.

O presidente da Associação dos Representantes Comerciais de Calçados, Acessórios e Artigos Esportivos do Paraná (Arcae), Aurelio Krauser, também acredita que a feira é uma forma de capacitar os empresários e vendedores para um atendimento moderno. “Tanto representantes quanto lojistas estão se adaptando a esse novo perfil de consumidor, que hoje é muito mais consciente, seletivo, exigente e tecnológico” pontua.

“O consumidor chega à loja sabendo tudo sobre o produto que ele quer porque consultou na internet. É um desafio para os lojistas treinarem a equipe de vendas visando conseguir atender essa nova demanda”, declara.

Somente no Paraná, segundo dados da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio), o setor varejista de calçados registrou mais de R$ 112 milhões em faturamento no ano passado.

Serviço

A feira acontece no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), na Avenida Comendador Franco, 1.341. As atividades começam a partir das 10h. Ao todo, 180 marcas estarão disponíveis, divididas em um espaço de 3,7 mil metros quadrados de visitação.

FONTE: GAZETA DO POVO